Você já sabe que materiais de PDV são peças estratégicas na conversão de vendas no ponto de venda. Seu sucesso está condicionado a dois fatores principais: o visual e a funcionalidade, que devem estar à serviço da exposição do produto e atração e interação com o shopper.  

O que talvez você não saiba é que existe um processo complexo por trás da ação de tirar um projeto de MPDV do papel e transformá-lo em uma peça útil, bonita e capaz de gerar resultados em loja: a prototipagem, que compõe o projeto executivo do produto.

A fase de protótipo é uma das etapas mais importantes para um projeto de materiais de merchandising. Além de apresentar inúmeros benefícios, ela garante que o material seja viável, econômico, funcional e fiel à experiência final.

Você, que é profissional de trade marketing/ marketing, já sabe da importância do protótipo, como funciona esse processo e quais seus benefícios para o seu projeto de MPDV? 

Continue lendo esse artigo para saber mais e garantir o melhor resultado e desempenho dos seus materiais no ponto de venda.

O que é um protótipo?

Antes de falar sobre protótipo de material de PDV, precisamos entender o que é um protótipo. Protótipo é uma palavra de origem grega, que significa primeiro (protos) e tipo (typos). 

Ele é, portanto, o termo utilizado para se referir ao primeiro modelo produzido de um determinado projeto, a peça número 1 ou peça piloto, que servirá como molde para futuras produções.

Quando falamos de material de merchandising para o ponto de venda, os produtos são físicos. Desse modo, os protótipos vão além de gráficos e desenhos e se tornam um produto final tangível a partir do qual é possível visualizar a ideia, testar a solução e entender os comportamentos relacionados ao uso da peça. 

“Algumas soluções não são visíveis apenas no layout. É preciso desenvolver o protótipo para testar todos os aspectos do produto, como a usabilidade. É preciso verificar a funcionalidade, se a estrutura vai suportar a carga, entre outros elementos”, destaca Rafael Martins, engenheiro e especialista em protótipos da Fábrica de Ideias.

Com essa ferramenta economizamos recursos como tempo, dinheiro e mão de obra para seja qual for o projeto de material de PDV. 

“O protótipo é a fase que tolera erros. Ele otimiza o processo para entregar o produto ideal, que atenda o que o cliente precisa, além de ser executável. Nem toda solução projetada é viável para execução. A fase do protótipo permite que trabalhemos da melhor forma possível pelo melhor resultado”, afirma.

Quais são os benefícios do protótipo para o projeto de MPDV?

A importância da fase de prototipagem já ficou clara. Mas os benefícios não param por aqui. Listamos mais alguns aspectos fundamentais que compõem esse processo:

– Apresentar amplamente a ideia contida no projeto de layout: o conceito e função na prática

– Validar premissas básicas e iniciais do produto: como e onde ele será usado efetivamente?

Usabilidade: conter as principais funcionalidades e fluxos de uso. É intuitivo? O usuário foi capaz de utilizá-lo sem dificuldades?

Viabilidade: capacidade de entrega e produção da equipe

Detalhamento estético: cor, material, textura, imagens, dimensões

Testar e validar antes de implementar: cumpriu as funções necessárias? Solucionou o problema inicial?

Prototipagem em Material de PDV: conheça a metodologia de trabalho

Na Fábrica de Ideias, a Engenharia é uma das áreas mais estratégicas no desenvolvimento do material de PDV. Nela, é realizado todo o estudo necessário para o desenvolvimento do Protótipo e sua estrutura consiste nos seguintes grupos de trabalho:

  • Engenharia de Projetos: 

Nossos projetistas recebem o layout elaborado a partir do briefing do cliente e fazem o detalhamento, estudo e modelamento dele em softwares especializados (modelo em 3D) para realizar simulações e concluir o projeto. Dentro desse estudo, é possível desenvolver novos produtos, soluções e materiais. 

  • Engenharia de Processos: 

Nossos engenheiros acompanham todo o processo, verificando continuamente se as soluções sugeridas são as melhores no que tange aos processos produtivos.

“A Fábrica é reconhecida no mercado por oferecer soluções completas em merchandising. Para isso, ela conta com uma enorme capacidade de entrega e parcerias para otimizar resultados.”

  • Artes e Cores:

Essa área é responsável pela decoração das peças. Nela, são realizados os testes de cores e a aprovação da arte a ser inserida nas peças.

  • Engenharia de Produtos:

Essa área é responsável pela liberação da estrutura do produto. Portanto, quando o projeto chega aqui, ele é especificado por completo, sendo possível saber detalhadamente do que é composto o produto final e apresentar um orçamento preciso das peças para o cliente. 

A estrutura é a receita do bolo! 

“Quando executamos um projeto na Engenharia, ele tem que estar completo. Pensamos em todas as esferas: se atende o cliente, se tem estrutura (estabilidade, funcionalidade) e é executável, se vai ser produtivo, escalável, se atende aos prazos. Com isso, ganhamos tempo e produtividade”.

Nesta equipe, temos a Engenharia de Embalagem, cujo trabalho é norteado pela pergunta: como o produto será enviado para o cliente? 

Aqui é realizado todo o estudo do produto para desenvolver a embalagem ideal para o transporte e armazenamento, a partir de decisões importantes como o tipo de material da embalagem, por exemplo.

“A segurança no transporte é uma questão primordial para o sucesso do cliente, seja no atendimento nacional ou na exportação de nossos produtos. Por isso, temos uma área dedicada só para a embalagem na Engenharia”, explica Rafael Martins.

  • Engenharia de Protótipo: 

A área de protótipo da Fábrica de Ideias é parte do processo de criação e produção dos nossos projetos. É neste momento que o cliente visualiza o produto pronto, com todos os detalhes finais, para ser aprovado e, por fim, produzido em escala.

“Além de engenheiros, no protótipo, temos uma equipe multidisciplinar trabalhando em conjunto para abranger todos os processos que a Fábrica possui na busca pela melhor solução para o cliente”, explica.

A ideia do protótipo não é apenas executar uma peça, essa fase é estratégica. O protótipo serve para otimizar recursos e entregar ao cliente um projeto ideal. 

Conheça mais da nossa área de protótipo:

Área completa para desenvolvimento de protótipos de MPDV

Confecção de Protótipo em MDF

Equipe multidisciplinar para execução de projetos de MPDV

 

A importância de um parceiro estratégico no desenvolvimento do protótipo de MPDV

Até esse ponto você já deve ter entendido a importância do protótipo para o seu planejamento de material de PDV. Os protótipos tangibilizam o projeto aprovado para que ele se torne uma solução viável, econômica e funcional.

Mas além disso, é primordial contar com o apoio de um parceiro estratégico que tenha infraestrutura, know how e tecnologia para a execução de protótipos de alta fidelidade à solução final. 

A Fábrica de Ideias é referência em soluções para o PDV e possui um time especialista em desenvolvimento de novos projetos e prototipagem de material de PDV. Se você precisa de apoio na sua estratégia de merchandising, fale com um de nossos especialistas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.